Corante natural comestível

Como Fazer Corante Alimentício Natural

Os corantes alimentícios industrializados são amplamente utilizados para colorir chantillys, glacês, massas e coberturas de bolos e outros doces. Embora estas iguarias sejam deliciosas, estes corantes são prejudiciais à saúde, pois possuem grandes quantidades de açúcar, sal, gorduras, conservantes e aromatizantes.

Então, resolvi pesquisar para saber se existiam algumas alternativas de corantes alimentícios naturais. Fiquei super feliz, quanto descobri que podemos fazer diversos corantes comestíveis, usando manga, espinafre, agrião, beterraba, amora, repolho roxo, framboesa, hibisco e muitos outros vegetais. Vejam agora as receitinhas de corantes “naturebas” que vou ensinar-lhes.

 

  • Corante vermelho

O corante vermelho pode ser obtido a partir de frutas vermelhas, especialmente a amora que tem uma cor vermelha intensa. Para produzi-lo bata a fruta no liquidificador ou mixer. Em seguida, peneire a pasta de amora ou coe com um coador ou pano fino. Utilize o líquido vermelho e descarte a polpa da fruta.

A beterraba é também utilizada como corante vermelho mais suave, sendo necessário para extraí-lo, batê-la crua no liquidificador com uma xícara ( chá ) de água.  Depois a pasta deve ser coada e caso fique muito aguada, leve ao fogo baixo e reduza o líquido até metade da quantidade inicial.
Pode ser utilizado também o chá de hibisco para obter o corante vermelho. Faça o chá de hibisco com duas xícaras (chá) do vegetal e três xícaras (chá) de água. Quando começar a ferver, cozinhe durante três minutos em fogo baixo. Depois coe ou peneire. Está pronto!

 

  • Corante amarelo

O corante amarelo pode ser extraído por meio da manga, bem como do açafrão. O único problema é que o açafrão tem um sabor muito forte que pode passar para o alimento que será colorido por este corante. Neste caso a manga é a melhor opção, pois tem um sabor mais suave, quando o seu corante é utilizado em pequenas quantidades.
Para fazer o corante amarelo com a manga, bata-a no liquidificador e peneire a pasta. Quanto ao açafrão, misture       1/2 xícara ( chá) deste vegetal em pó com 2 xícaras ( chá ) de água. Coe  com um tecido fino ou coador. Está pronto!

 

  • Corante Verde

O espinafre e o agrião são perfeitos para extrair o corante verde. Quanto ao sabor destes vegetais transferir para os alimentos, não corre o risco disto acontecer, desde que você não use uma grande quantidade do corante.
Para fazer o corante verde, bata no liquidificador 1 xícara ( chá ) de espinafre ou agrião com 2 xícaras (chá) de água até obter uma pasta homogênea. Depois, coe ou peneire a mistura, utilizando o líquido verde.

 

  • Corante Roxo

O corante roxo pode ser produzido tanto a partir de frutas como a amora, quanto por meio do repolho roxo. Para extrair o corante da amora, basta batê-la no liquidificador ou mixer, coá-la ou peneirá-la e está pronto para o uso.
A obtenção do corante proveniente do repolho roxo ocorre colocando o repolho cortado em pedaços em uma panela com água o suficiente para cobri-lo. Quando a água começar a ferver, cozinhe o repolho por 10 a 15 minutos. Em seguida, coe ou peneire, utilizando apenas  o líquido roxo que é o corante.

 

  • Corante laranja

O melhor vegetal para a extração do corante laranja é a cenoura. Para produzir este corante, bata no liquidificador uma cenoura (média) cortada em pequenos pedaços com    1 1/2 xícara ( chá ) de água. Coe ou peneire a pasta. Está pronto o corante laranja!

 

  • Corante azul

O corante mais interessante para produzir é o azul, pois para obtê-lo temos que fazer uma verdadeira mágica. Sim! A mágica acontece, porque para extrair a cor azul é necessário primeiro produzir a cor roxa por meio do repolho roxo e depois acrescentar 1/2 colher (café)  de bicarbonato de sódio em um recipiente com a água do repolho cozido. A alquimia ocorre, devido ao bicarbonato de sódio causar uma reação química no corante roxo, transformando-o em corante azul.

OBS 1: A melhor e mais prática forma de conservar estes corantes naturais é guardá-los em frascos de vidro ou despejá-los em formas de gelo e guardá-los no congelador. Sempre que precisar utilizar algum corante, basta descongelar apenas as pedrinhas congeladas, que possuem a cor que você precisa para colorir algum alimento.  

OBS 2: Estes corantes servem para colorir chantillys, glacês, massas e coberturas de bolos e outros doces.

OBS 3: Não sei quanto tempo estes corantes naturais se mantem conservados na geladeira. 

OBS 4: O corante de beterraba quando misturado ao chantilly no momento que está sendo batido na batedeira, deixa um sabor delicioso, mas não tem gosto de beterraba. Além disso, fica com uma linda coloração rosa.

Veja como fica o corante de beterraba no chantilly de leite de coco e no chantilly de leite de aveia. Coloquei o corante de beterraba, misturado aos ingredientes e bati todos juntos na batedeira, no momento que estava fazendo o chantilly.

*Veja alguns exemplos de corantes naturais misturados a coberturas para doces.

*Para ver o meu vídeo no meu canal Katia Vegana, no YouTube, no qual ensino como fazer estes Corantes Naturais, CLIQUE AQUI!